Boa noite! Hoje é quarta-feira, 10 de agosto de 2022 | 23:03

Putin diz que Rússia responderá se Otan reforçar militarmente Suécia e Finlândia /
Imprimir matéria

16/05/2022 [10h24] | Notícias

Putin diz que Rússia responderá se Otan reforçar militarmente Suécia e Finlândia

Putin diz que Rússia responderá se Otan reforçar militarmente Suécia e Finlândia

Putin diz que Rússia responderá se Otan reforçar militarmente Suécia e Finlândia

Putin disse que a ampliação da Otan está sendo usada pelos Estados Unidos de maneira "agressiva" para agravar uma situação de segurança global

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, em São Petersbrugo
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, em São Petersbrugo 27/04/2022 Sputnik/Alexei Danichev/Kremlin via REUTERS

Guy Faulconbridgeda Reuters

em Londres

Ouvir notícia
"/>

O presidente Vladimir Putin alertou o Ocidente, nesta segunda-feira (16), que a Rússia responderá se a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) reforçar a infraestrutura militar da Suécia e da Finlândia, que decidiram se juntar à aliança militar dos Estados Unidos após a invasão da Ucrânia.

Putin, o líder supremo da Rússia desde o último dia de 1999, citou repetidamente a ampliação pós-soviética da aliança da Otan para o Leste em direção às fronteiras da Rússia como uma razão para o conflito da Ucrânia.

Falando aos líderes de uma aliança militar dominada pela Rússia de ex-estados soviéticos, Putin disse que a ampliação da Otan está sendo usada pelos Estados Unidos de maneira ?agressiva? para agravar uma situação de segurança global já difícil.

A Rússia, disse Putin, não tinha problemas com a Finlândia ou a Suécia, então não havia ameaça direta da ampliação da Otan que incluísse esses países.

?Mas a expansão da infraestrutura militar neste território certamente provocaria nossa resposta?, disse Putin aos líderes da Organização do Tratado de Segurança Coletiva, que inclui Belarus, Armênia, Cazaquistão, Quirguistão e Tadjiquistão.

?Qual será essa (resposta) ? veremos quais ameaças são criadas para nós?, disse Putin no Grande Palácio do Kremlin. ?Os problemas estão sendo criados sem motivo nenhum. Vamos reagir de acordo?.

A Rússia deu poucas pistas específicas sobre o que fará em resposta ao alargamento nórdico da Otan, as maiores consequências estratégicas da invasão russa da Ucrânia até hoje.

Um dos aliados mais próximos de Putin, o ex-presidente Dmitry Medvedev, disse no mês passado que a Rússia poderia implantar armas nucleares e mísseis hipersônicos no enclave russo de Kaliningrado se a Finlândia e a Suécia se juntarem à Otan.

A Otan, fundada em 1949 para fornecer segurança europeia contra a União Soviética, em última análise, supera a Rússia em quase todas as medidas militares, exceto armas nucleares, embora a espinha dorsal do poder militar da aliança seja os Estados Unidos ? cujas forças são principalmente implantadas longe da Europa.

Otan nórdica?

Antes de Putin falar, o vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, disse que o Ocidente não deveria ter ilusões de que Moscou simplesmente toleraria a expansão nórdica da Otan.

O Ocidente diz que a Otan ? uma aliança de 30 países, incluindo ex-repúblicas do Pacto de Varsóvia, como Polônia e Hungria, além de potências nucleares como Estados Unidos, Grã-Bretanha e França ? é puramente defensiva.

Moscou diz que a Otan ameaça a Rússia e que Washington ignorou repetidamente as preocupações do Kremlin sobre a segurança de suas fronteiras no Ocidente, fonte de duas devastadoras invasões europeias em 1812 e 1941.

A Finlândia conquistou a independência da Rússia em 1917 e travou duas guerras contra ela durante a Segunda Guerra Mundial, durante a qual perdeu território. A Suécia não luta uma guerra há 200 anos. A política externa concentrou-se no apoio à democracia e ao desarmamento nuclear.

Putin disse que, além da ?política de expansão sem fim?, a Otan está indo muito além de sua missão euro-atlântica ? uma tendência que a Rússia está seguindo cuidadosamente.

Putin diz que a ?operação militar especial? na Ucrânia é necessária porque os Estados Unidos estavam usando a Ucrânia para ameaçar a Rússia através da ampliação da Otan e Moscou teve que se defender contra a perseguição de pessoas de língua russa.

Putin diz que, quando a União Soviética entrou em colapso, foram dadas garantias de que a aliança não se expandiria para o Leste em direção à Rússia, uma promessa que ele diz ser uma mentira que humilhou a Rússia em seu momento de fraqueza histórica.

Os Estados Unidos e a Otan contestam que tais garantias tenham sido dadas explicitamente. Kiev e seus apoiadores ocidentais dizem que a alegação de perseguição aos falantes de russo foi exagerada por Moscou como pretexto para uma guerra não provocada contra um Estado soberano.

(Edição de Guy Faulconbridge, Ed Osmond e Nick Macfie)

Tópicos

Fonte: CNN

Comentários

Outras matérias

RECADOS

  • Berg Arlindo | Fortaleza - CE

    Toca o sucesso da Banda A Prova, Música fake news! https://www.suamusica.com.br/provadeamor/banda-a-prova-promocional-2...

    13/02/2019 às 21h28

  • maracos | castelo do piaui - PI

    ://www.webradiocastelodopiaui.com.br/ nosso zap nos ràdio 86-981896061 zap 86 981789362 voce tem numero do zap entre con...

    23/12/2018 às 20h44

  • CAMILLE GOES | olinda - PE

    Quero mandar um beijo e a musica,,,Barreiras do canto Brunno Carvalho p\\reginaldo amorin com amor e carinho,,valeu

    25/09/2018 às 12h02

Escrever recado

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

Rádio Cidade Jatoba FM «« Todos os direitos reservados »»
0%
Streaming Local7 Sites